sábado, 2 de maio de 2015

ALERTA para quem compra no Ebay e quejandos

Oláaaa!
Cá estou eu de novo e hoje venho falar sobre algo que considero importante sabermos antes de comprar seja o que for em sites como o EbayAliexpressTinydeal, etc etc etc...
Todos sabemos que geralmente nesses sites encontramos produtos iguais, ou bastante parecidos, aos que queremos mas por preços mais acessíveis.
Raramente paramos para pensar o porquê de serem mais baratos. Não! Tratamos logo de aproveitar o preço e encomendamos. Ás vezes até em quantidade para podermos vender, sortear, oferecer...
Pois bem! Na passada 5ª feira tive conhecimento de um caso que se passou com uma família minha conhecida.
O filho queria umas certas sapatilhas de marca mas como eram bastante caras os pais disseram que não as podiam comprar, então o rapaz, como a maioria de nós faz, foi pesquisar na internet a ver se encontrava as mesmas "tilhas" por um preço convidativo.
Encontrou! Mostrou aos pais e todos concordaram em encomendar.
Passados uns dias receberam uma comunicação da alfândega a dizer que se encontrava lá uma encomenda em nome do rapaz e que era necessário irem identificar o artigo para o poderem levantar (desalfandegar).
Lá foram!
Na alfândega levaram-nos para um gabinete onde a encomenda estava em cima de uma mesa e, na presença de vários funcionários, lá abriram a embalagem e encontraram as "tilhas" que tinham encomendado.
O rapaz ficou todo contente pois eram mesmo como as que ele queria.
Mas a alegria durou pouco porque um dos funcionários olhou para as "tilhas", pegou nelas, virou-as dum lado e do outro e disse: "Lamento mas este artigo não pode sair daqui da alfândega".
"O quê? Porquê?!" - disse o pai do rapaz.
"Porque este artigo é contrafeito! Já tivemos vários casos iguais! São artigos que são produzidos no Paquistão e que estão a ser vendidos como se fossem os originais, mas não são! São apenas réplicas bem conseguidas." - disse o funcionário da Alfândega.
"Então e agora? Fico sem o artigo e sem o dinheiro que paguei por ele?" - perguntou o pai do rapaz.
"Sim, mas não só! Além disso terá de pagar 150€ para a alfândega mandar queimar o artigo e irá receber em casa uma comunicação sobre a penalização que será aplicada, neste caso ao seu filho pois foi em nome dele que a encomenda foi feita, por ter sido "conivente" nesta fraude. Contrafacção é considerada crime e ambas as partes são consideradas culpadas, quem vende e quem compra!" - respondeu o funcionário.
"Então somos considerados culpados mesmo sem sabermos que o artigo era contrafeito?! Isso não tem lógica!" - disse o rapaz.
"Não sabem no imediato, mas inconscientemente sabem, uma vez que o artigo é mais barato que o habitualmente comercializado isso significa que não é original. Se fosse mais barato apenas por ter algum defeito essa informação estaria escrita na publicação do artigo, mas não foi esse o caso! Lamento, mas não há nada a fazer. O artigo tem de ser queimado aqui na alfândega e para isso é necessário o pagamento de 150€. Posteriormente receberão em casa a comunicação sobre a penalização aplicada. Boa tarde!" - e com estas palavras retirou-se, deixando pai e filho com os restantes funcionários que os encaminharam até à recepção onde tiveram de pagar o valor da "queima" do artigo.
Passada uma semana chegou a dita comunicação onde puderam ler que tinha sido instaurado contra o rapaz um processo-crime por conivência na fraude de contrafacção e consequente fuga aos impostos.
As ditas "tilhas" acabaram por ficar bem mais caras do que se tivessem sido compradas numa loja credível e/ou certificada.
Portanto, resumindo, tenham atenção ao que comprarem neste tipo de sites. Eu própria já comprei neles e sei o quão aliciantes são os preços mas todo o cuidado é pouco!
Conhecem mais casos deste género?
Contem-me!
Beijinhos <3










2 comentários:

  1. Mas que grande cena. É mesmo caso para pensar duas vezes.
    Beijinhos e bom fim de semana,

    A estrela sardenta | Realça a tua beleza c/ o Boticário

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Há uns tempos encomendei umas coisas na Tinydeal e tb pararam na alfândega mas por acaso não houve problema e deixaram seguir sem pagar nada mas mais vale prevenir :)
      Beijinhos <3

      Eliminar