sábado, 9 de janeiro de 2016

Um conto (parte 2 de 4)

Ainda nessa noite trocaram algumas sms mas visto o adiantado da hora acabaram por deixar a conversa para uma melhor altura.
Após retomarem a conversa, sempre por sms, esta prolongou-se por quase um mês.
Não que não quisessem encontrar-se pessoalmente mas sim porque havia sempre algo que se interpunha entre eles... durante a semana estavam ocupados, no fim de semana ou ele não podia, ou era ela que não podia, ou o tempo não permitia...
Foi por isso que, durante todo o tempo em que trocaram sms, muita coisa foi dita, muita coisa relembrada, coisas boas e coisas menos boas.
No início ela sentia nas mensagens dele um pouco de hostilidade, amargura, desconfiança, de "pé atrás"... não era caso para admirar, na altura em que deixaram de se falar não o fizeram propriamente de bem um com o outro.
Mas com o passar dos dias, com o colocar de alguns pontos nos "is", a conversa foi melhorando... e muito!
imagem retirada da internet

Sem comentários:

Enviar um comentário